Suspeito envia SMS para alertar comparsa e acaba preso pela PM

A Polícia Militar apreendeu 960 gramas de maconha e cocaína e prendeu dois ajudantes, na noite de quarta-feira (9), em Jundiaí, distante 160 quilômetros de São Paulo. Os suspeitos vendiam drogas na região do Jardim Novo Horizonte.

Continue lendo

Polícia detém “ladrão do terno” suspeito de roubar farmácias

A Polícia Civil deteve, por volta das 18 horas de terça-feira (8), um servente que ficou conhecido como o “ladrão do terno” por assaltar ao menos três farmácias usando o traje social, em Ribeirão Preto, distante a 336 quilômetros da Capital.

R.R.S., de 29 anos, que tinha uma calça preta e três paletós – um deles risca-de-giz – entrava nas drogarias para roubar remédios para infecção urinária, além de diversos produtos de higiene e o dinheiro do caixa.

Continue lendo

GOE prende suspeito de roubar carga avaliada em R$ 496 mil

A Polícia Civil deteve na manhã desta segunda-feira (7) um homem suspeito do sequestro-relâmpago de um motorista e de roubar uma carga de aparelhos eletrônicos avaliada em R$ 496 mil. O crime aconteceu por volta das 20 horas de domingo (6), em Osasco, na Grande São Paulo.

Continue lendo

Confusão mental de um subversivo

TANTO TEMPO SE PASSOU E ainda tenho medo. Tenho medo porque vejo tudo voltar à tona, de maneira mais brutal. Talvez me seja fatal desta vez, se não foi da outra, simplesmente porque eu não havia ainda sido gerado no vente de minha mãe. Nem sei ao menos se verdadeiramente já existi algum dia. Eis, contudo, que preciso neste primeiro de abril do ano corrente declarar-me. Não é possível mais manter um grito calado.

Estou de pé no Marco Zero da cidade de São Paulo, na Praça da Sé. Eu inflo os pulmões, preparo o diafragma. Eu sou um subversivo. Não me contenho mais em minhas publicações, enquanto jornalista. Sou um criminoso dos mais perigosos da história. Meu maior delito, hediondo, é querer transformar em bom um mundo fétido, pútrido. Serei condenado por isso, por isso venho desculpar-me aqui. Não sei quanto tempo ainda me deixarão observar o nascer do Sol neste lugar, com o coração batendo.

Continue lendo