Estudantes de Medicina poderão fazer pesquisas científicas no IML


Um convênio entre a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) vai permitir que estudantes de Medicina visitem unidades do Instituto Médico Legal (IML) para a realização de pesquisas científicas.

A parceria, que não terá custos para as instituições, beneficiará alunos do 3º e do 4º ano da graduação na Escola Paulista de Medicina (EPM), que poderão acompanhar necropsias e técnicas de identificação de corpos.

Além de conhecer o funcionamento do IML e da profissão do médico legista, os alunos também vão observar e estudar métodos de análise epidemiológica e de dados clínicos em geral e aprender como se produz uma declaração de óbito conforme o padrão paulista.

A SSP e a universidade terão coordenadores para a organização do projeto, e uma lista com dados dos estudantes será encaminhada a cada visita, para viabilizar as entradas nos necrotérios.

Como diversas informações colhidas em unidades da Polícia Técnico-Científica são parte de investigações, os universitários terão que assinar um termo de responsabilidade e confidencialidade de dados a que tiverem acesso, de modo a não prejudicar o trabalho da polícia e não expor nenhuma pessoa, seja ela vítima de crime ou não.

O projeto vai funcionar por cinco anos e poderá ser prorrogado. O convênio foi publicado nesta quinta-feira (21) no Diário Oficial do Estado (DOE).

_midia_Imagem_00018179

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s